ASSISTÊNCIA TÉCNICA

O procedimento de manutenção de qualquer equipamento é de vital importância para garantir a qualidade do processo e a longevidade do produto, e deve ser considerado pela instituição como um fator econômico, assim como a aquisição e uso do equipamento.

Manutenção refere-se a todas as ações necessárias para manter um equipamento ou sistema em operação ou para restituí-lo ao funcionamento, e inclui a conservação, reparo, modificação, revisão, inspeção e determinação da eficiência do trabalho.

EQUIPAMENTOS ATENDIDOS

  • Autoclaves Compactos;
  • Autoclaves Hospitalares
  • Equipamentos Industriais;
  • Termodesinfectadoras;
  • Estufas;
  • Lavadoras Ultrassônicas.

POSTO AUTORIZADO

Alt Equipamentos
Cristófoli
Stermax

Manutenção Preventiva

Rotinas de revisão, limpeza, calibração e testes, cujo objetivo é o de evitar a ocorrência de defeitos e acidentes, bem como de garantir o contínuo e perfeito funcionamento dos equipamentos em condições seguras de operação, incluindo também a realização dos reparos dos defeitos detectados durante a execução dessas rotinas.

Manutenção Corretiva

Serviços de reparos para eliminar defeitos decorrentes do uso normal dos equipamentos, bem como testes e calibrações para garantir o perfeito funcionamento e segurança dos mesmos.

PLANO DE MANUTENÇÃO

Iremos apresentar o Plano de Manutenção que deverá ser comprido de acordo com os itens e com os prazos estabelecidos. Note que esta página contém apenas uma parte do conteúdo total de manutenção. O Manual de Manutenção é a referência completa do Plano de Manutenção, e contém todos os tópicos relacionados a manutenção que deve ser realizada somente por pessoal devidamente treinado e autorizado

Ítens Verificados em Nosso Check-List:

*Ítens marcados são imprescindíveis e sujeitos a interdição do equipamento

Serviços Executados Elétrica Hidráulica Mecânica Indicação e Controle Utilidades
Verificação da corrente das resistências de aquecimento X - - - -
Verificação da necessidade de troca das resistências X - - - -
Verificação da necessidade de troca dos contatos elétricos X - - - -
Verificação da regulagem do relé térmico da bomba de água X - - - -
Verificação da regulagem do relé térmico da bomba de vácuo X - - - -
Verificação da regulagem do relé térmico do motor da porta X - - - -
Verificação da corrente das resistências de aquecimento X - - - -
Verificação de corrente da bomba de água X - - - -
Verificação de corrente da bomba de vácuo X - - - -
Verificação e reaperto dos contatos elétricos X - - - -
Limpeza do eletrodo de nível - X - - -
Limpeza do filtro do dreno da câmara interna. - X - - -
Limpeza dos elementos hidráulicos (retenção, filtro y, purgadores, etc.) - X - - -
Verificação da troca das membranas das válvulas solenóides - X - - -
Verificação da troca das válvulas de retenção - X - - -
Verificação da troca do filtro de quebra de vácuo - X - - -
Verificação da vazão da bomba de vácuo - X - - -
Verificação do funcionamento das válvulas solenóides - X - - -
Verificação do tempo de entrada de água - X - - -
Verificação e reaperto das conexões hidráulicas - X - - -
Verificação visual de vazamentos na câmara e gerador de vapor - - X - -
Verificação da regulagem dos pressostatos - - - X -
Verificação das válvulas de segurança - - - X -
Verificação dos indicadores de temperatura e pressão - - - X -
Verificação dos sensores de temperatura - - - X -
Verificação dos tempos dos temporizadores - - - X -
Verificação dos transdutores de pressão - - - X -
Verificação dos transmissores de sinal de temperatura - - - X -
Verificação e testes das entradas e saídas do processador - - - X -
Medição de voltagem da rede elétrica e sua variação - - - - X
Verificação da tubulação de entrada de água - - - - X
Verificação da tubulação de saída de esgoto - - - - X
Verificação da qualidade da água de abastecimento - - - - X

AUTOMAÇÃO, ATUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO

Atuamos no desenvolvimento de novas técnicas e processos que levam os equipamentos a obterem novos recursos e uma confiabilidade adequada, inserindo novas tecnologias que proporcionam um controle e um desempenho com maior segurança e confiabilidade

SERVIÇOS EXECUTADOS

  • Instalação de componentes e testes no local;
  • Adequação do equipamento para os novos componentes;
  • Programação conforme os requisitos de fábrica;
  • Conserto de controladores com peças e programas originais;
  • Equipe técnica com conhecimentos em processos de esterilização;
  • Atualização de programas.

CARACTERÍSTICAS

  • Interface atualizada e amigável ao usuário;
  • Garantia de desempenho e de qualificação;
  • Projeto original do equipamento;
  • Software confiável e validado pela fábrica;
  • Sistemas de indicação mais modernos e precisos;
  • Em conformidade com as normas técnicas e resoluções da Anvisa/MTE;
  • Automação com alta tecnologia e baixo custo.

INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS

TRABALHOS EXECUTADOS

Assentamento

Consiste em descarga do veículo, transporte interno e disposição do equipamento no local de funcionamento.

Instalação a ponto

  • Cada uma das linhas de suprimento deve estar construída de acordo com as instruções do manual do proprietário
  • Tanto os ramais externos ao ambiente onde funcionarão os esterilizadores, como as linhas de distribuição interna a este ambiente, e a estações para tratamento necessárias, como estações de ar comprimido, estações de tratamento de água, quadros elétricos, linhas de exaustão e etc, já devem estar disponíveis.
  • O serviço de instalação a ponto consiste na ligação entre a linha de suprimento e o ponto de alimentação do equipamento.
  • A distância entre o ponto de alimentação no equipamento e a conexão na linha de suprimento não pode ser superior a 1,5 metros lineares.
  • Faz parte deste serviço o teste de todas as entradas e a colocação do equipamento em funcionamento

EQUIPAMENTOS INSTALADOS

  • Autoclaves Hospitalares, Industriais e Especiais,
  • Equipamentos Odontológicos e Clínicos,
  • Estufas de Despirogenização e Secagem,
  • Termodesinfectadoras,
  • Lavadoras Ultrassônicas.

Qualificação de instalação

Deve ser avaliada a correta instalação de todas as partes, calibração de todos os instrumentos de medição e conformidade com especificações do equipamento a serem demonstradas e certificadas. Isto é normalmente feito pelo fornecedor, em colaboração com o usuário do equipamento. A qualificação deve ser refeita, ao menos parcialmente, quando alterações técnicas ocorrerem durante a manutenção ou modificação do equipamento. Na qualificação de instalação, o que se busca é a garantia de que:

  • os equipamentos adquiridos/disponíveis são adequados;
  • a instalação do(s) equipamento(s) será realizada conforme instruções dos fornecedores e de modo a proporcionar o melhor desempenho possível;
  • os instrumentos instalados em todos os equipamentos serão calibrados em suas faixas de uso contra padrões rastreáveis a padrões nacionais/internacionais.

INSPEÇÃO PARA NR 13

NORMA REGULAMENTADORA

Os riscos em potencial que uma autoclave oferece aos seus usuários e pessoal de manutenção são “reais e iminentes”. Por este motivo o governo criou a NR 13 e fiscaliza a sua aplicação de modo cada vez mais severo e determinante a cada ano.

Adequação e regularização na NR 13 que consistem em:

  • Inspeção das instalações locais conforme requisitos da NR 13 e emissão de relatório. Este documento tem a finalidade de orientar e informar sobre possíveis desvios regulatórios.
  • Inspeção IBR (Inspeção Baseada em Risco) de Vasos de Pressão. Com esta análise elaboraremos um “Plano Dedicado de Acompanhamento” do equipamento e definindo inclusive a necessidade ou não da realização de Teste Hidrostático (TH) e a periodicidade deste ensaio.

IMPORTANTE: O código ASME seção VIII divisão 1 (que originou a NR13 em nosso pais), reduziu a pressão de Teste Hidrostático em sua versão original para a revisão de 2002 de 50% da PMTA para somente 30% da PMTA, justamente porque muitas câmaras eram inutilizadas e sucateadas devido ao esforço hidráulico exercido neste ensaio.

PRONTUARIO

  • Emissão de prontuário DATA SHEET constando (conforme modelo no verso), PMTA, MTA, Pressão de TH, Cálculo da Classe do vaso conforme NR 13, Cálculo da Categoria de vaso conforme NR 13.
  • Cálculo do Grupo de vaso conforme NR 13, Análise e Classificação da válvula de segurança no Vaso de Pressão,
  • Medição das espessuras das chapas que compõe a Câmara e Validade da documentação (periodicidade de 01 ano)
  • Geração e abertura do livro de registro, (Livro Preto) com as descrições de anotações e assinatura de Engenheiro Responsável,
  • Inspeção da Autoclave referenciada pela norma ABNT NBR15417 – Inspeção de Vasos de Pressão associada a LEI 6496 de 07 de dezembro de 1977.
  • Treinamento para usuários dos equipamentos para entendimento do “Profissional Habilitado” – PH, conforme especificado na NR 13.
  • Emissão de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) junto ao CREA de São Paulo. Esta anotação e registro é a maior garantia para o proprietário do estabelecimento, pois, esta entidade governamental toma conhecimento da “regularização” dos seus equipamentos.

Com a realização periódica destes ensaios, inspeções e testes e a geração de documentação fundamentada sob forma de relatórios conforme legislação, seu estabelecimento estará totalmente coberto, regularizado e atendendo a NR 13

TREINAMENTOS

OPERAÇÃO

Treinamento de operação

Consiste na evidencia de Treinamento de operação que foram transferidas informações ao usuário do equipamento sobre aspectos relativos a programação, manuseio e operação do produto.

MANUTENÇÃO

Treinamento de manutenção

Consiste na evidencia de que foram transferidas ao usuário do equipamento as informações necessárias relativas a responsabilidade e a importância de serem executados os tópicos pertinentes ao cronograma de manutenção preventiva.